Posts

A importância das atividades extracurriculares

As atividades extracurriculares vão além de um mero momento de diversão: é a hora de despertar a criatividade e o talento de seu filho. Dança, teatro, culinária, robótica… As opções são inúmeras e, após muitos anos de estudos na hora de psicopedagogia, constatou-se que as atividades extracurriculares são um ponto chave na formação da criança e adolescente.

Para explicar melhor como as atividades extracurriculares desempenham um papel importante na vida de seu filho, separamos algumas informações importantes que todos pais e cuidadores devem saber sobre o assunto.

Atividades Extracurriculares: o que são?

Desde meados de 1900 já existem relatos de educadores que já entendiam as atividades extracurriculares como cruciais para o desenvolvimento infantil. A psicopedagogia considera como atividade extracurricular todo curso, oficina ou eventos que fazem parte do tempo livre da criança. Por meio delas as crianças e adolescentes podem adquirir outros tipos de conhecimentos que não são ofertados na grade normal das escolas. Assim, é como um currículo paralelo ao obrigatório

As atividades extracurriculares não são obrigatórias, mas são excelentes ferramentas para aumentar a bagagem de conhecimento e desenvolver habilidades essenciais como socialização, disciplina, criatividade, concentração e afetividade. O filósofo e psicólogo francês Henri Wallon já postulou que a afetividade é o princípio da integração das dimensões motora, cognitiva e afetiva.

Alguns exemplos de atividades extracurriculares que podemos citar são:

  • Teatro;
  • Robótica;
  • Culinária;
  • Música;
  • Dança;
  • Sustentabilidade; etc.

MEC informa: atividades extracurriculares devem fazer parte da formação

Até o Ministério da Educação e Cidadania (MEC) sublinha a importância de oferecer atividades extracurriculares na formação do seu filho. Segundo o ministério, toda a atividade cumprida com o intuito de uma estimulação cognitiva de diferentes áreas, “traz um ganho significativo tanto no desempenho acadêmico quanto na formação geral do indivíduo”. Ou seja, a criança e o adolescente possuem um melhor desempenho socioafetivo.

Já um trabalho elaborado em 2004 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) identificou, a partir da análise dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que os alunos que tinham acesso a atividades extracurriculares apresentaram um melhor desempenho no exame. A diferença foi até de 17 pontos a mais daqueles que não tiveram essa oportunidade.

As atividades extracurriculares deixam seu filho mais feliz

Além de ajudar no desempenho escolar de seu filho, as atividades extracurriculares podem até ajudar na melhora da autoestima. De acordo com um estudo feito da Universidade Fernando Pessoa, em Portugal, a participação em aulas de teatro, robótica e culinária, por exemplo, diminui as chances do aluno apresentar quadros depressivos. Além disso, suas queixas físicas de qualquer forma diminuem e se apresenta um maior e mais significativo envolvimento na escola.

Já é comprovado que a motivação escolar é determinante para a qualidade da aprendizagem e do rendimento escolar. É a chamada Teoria da Autodeterminação, trabalhada de forma intensa nas atividades extracurriculares. Essa Teoria, consolidada no ramo da psicopedagogia, defende que o ser humano tem a capacidade “natural de procurar desafios e novidades para os conquistar e assim exercitar as suas capacidades e desenvolver novas competências, através da motivação intrínseca”.

3 motivos para matricular seu filho em uma atividade extracurricular

Nada melhor do que sintetizar uma ideia para entender o quanto ela é importante. Por isso, separamos 3 motivos básicos que vão te ajudar a compreender como as atividades extracurriculares podem ser benéficas para seu filho.

Promove as capacidades inatas

As crianças e adolescentes costumam escolher as atividades extracurriculares a depender das preferências pessoais. Ou seja, é uma oportunidade para expressar seus talentos e capacidades que podem estar “adormecidas”

Desenvolve o sentido de competência

Quando o seu filho começar a praticar as atividades extracurriculares, ele vai perceber que ele é competente em áreas até então desconhecidas. Além de elevar a autoestima e motivação, isso ensinará a ele que é possível explorar talentos e capacidades em diversas áreas do conhecimento. Assim, ele se tornará um adulto mais seguro e confiante.

Evita a evasão escolar

Você já deve ter passado por aqueles dias em que seu filho não quer ir à escola? Matriculá-lo em um curso extracurricular é uma boa maneira de evitar a evasão escolar. Ao se sentir mais motivado e capaz de realizar diferentes tarefas, seu desejo por aprender será cada vez maior.

Invista no futuro do seu filho

Além de ser um momento de diversão para a criança e adolescente, as atividades extracurriculares fazem parte de um dos pilares para o desenvolvimento integral do seu filho. É aprender brincando. É descobrir o mundo fazendo o que se gosta. É expandir os horizontes. Teatro, robótica, culinária, música… Seja qual for a escolha, seu filho sairá melhor do que antes – como aluno e como indivíduo.

Por que comemorar aniversário?

É pique, é pique, é pique… É hora de comemorar o aniversário de seu filho! Muito mais do que uma data para oferecer presentes para ele, o aniversário é a oportunidade de demonstrar à criança algumas questões importantes sobre: envelhecer, vida, amizade, companheirismo e amor. Para te explicar melhor sobre esse ritual de passagem que acontece todos os anos com todo mundo, separamos aqui algumas curiosidades que vão fazer você não ter mais dúvidas sobre como é importante não deixar essa data em branco.

O aniversário: de onde vem?

Celebrar essa passagem do tempo não é uma invenção contemporânea. Muito pelo contrário. O hábito de comemorar o dia do nascimento de alguém (não só das crianças) nos moldes similares ao que temos hoje surgiu há muito tempo atrás: na Roma antiga.

Agora você se pergunta: “mas nunca se comemorou aniversários antes disso?”. A resposta é: sim. Mas de uma outra maneira. Muito antes da Roma antiga (alguns estudiosos dizem que a primeira menção de aniversário foi na era egípcia, por volta de 3.000 AC (antes de Cristo) para se comemorar o dia do nascimento do Faraó) já se faziam oferendas no dia do aniversário de alguém – quase sempre essa oferenda era um bolo (sim, aquele mesmo que colocamos as velinhas em cima!). Contudo, não havia uma festividade propriamente dita.

A oferenda era em razão de uma crença de que, na data de aniversário, anjos malignos vinham roubar o espírito do aniversariante. Portanto, era necessário tomar medidas para prevenir isso. Como é uma superstição, essa tradição de se fazer um bolo no dia do aniversário era considerada pagã pela Igreja Católica até o século 5 – época na qual a instituição começou a celebrar o nascimento de Jesus. Comemorar aniversário é uma celebração muito mais antiga do que a gente pensava…

É pique, é pique

Para comemorar aniversário, é preciso de um bolo! Gosta de soprar velinhas no dia do aniversário? Tudo começou com os gregos. Para resumir a história: tal civilização era devota de muitos deuses e deusas e ofereciam muitos sacrifícios e oferendas a eles. Uma das deusas que eles enviavam suas preces era a deusa Artemis – a deusa da lua.

Como tributo a ela, os gregos faziam um bolo no dia do aniversário e o adornavam com pequenas velas para recriar o brilho da lua e pedir toda a beleza à Artemis. Assoprar as velas era uma maneira de enviar a mensagem aos deuses – como uma espécie de “Amém”.

E qual é a importância do aniversário?

Ok, já sabemos da onde veio toda essa festança. Entretanto, da forma como temos a comemoração hoje em dia vem do século XIX. O livro Family Life in 19th-Century America de James M. Volo e Doroty Denneen Volo (tradução nossa) explica um pouco do surgimento desse costume:

“O aniversário de crianças começou a ser comemorado como um evento especial. Embora as felicitações fossem feitas no dia do aniversário, elas geralmente não eram celebradas com festas e presentes até o início do século XIX. Na década de 1830, isso parece ter mudado. Em 1833, Louise Jane Trumbull anotou em seu diário que sua família havia juntado dinheiro para comprar para sua irmã, Susan, um par de sapatos para seu primeiro aniversário. Ela também relatou que “a minha mãe também fez alguns vestidos para seu presente de aniversário”. Os presentes de aniversário tendiam a ser poucos em número e eram frequentemente compostos por itens muito práticos. Comerciantes e editores apoiaram esse costume crescente que se passou de família a família. Os livros foram impressos com títulos como O presente do dia do nascimento expressamente com o objetivo de promover a oferta de presentes. As celebrações do evento costumavam ser simples. Uma história de uma revista infantil de 1839 intitulada “O aniversário” conta um pouco: “Quando Mary tinha sete anos, sua mãe disse que ela poderia pedir a algumas meninas que viessem vê-la em seu aniversário”. No encontro, Mary contou a seus amigos sobre seu “presente de aniversário” e depois de brincar no quintal ‘entraram na casa onde havia um belo bolo de aniversário’.”

A partir de então, a data começou a ser um atrativo especial para a criança. Ela cria toda a expectativa em relação à festa pois nós, os adultos, persuadimos o filho sobre a importância de fazer aniversário e comemorar. Se os pais não falam nada, com certeza ela verá na escolinha seus amigos comemorando.

A importância vem da expectativa

Criar sempre uma expectativa de grandiosidade da festa para a criança é uma das principais razões da importância de se comemorar o aniversário. Portanto, se de alguma forma a criança se importa com essa celebração, é conveniente fazer esforço para não deixar passar essa data em branco e não frustrar o seu filho.

Portanto, se a família decide que quer relembrar a data de nascimento com uma grande festa, então é preciso transformar esse momento em algo importante para todos – da tia à avó.

Comemorar o aniversário é uma forma de aproximar toda a família da criança. Extremamente importante para produzir boas memórias familiares infantis. É uma forma de fortalecer a conexão de toda a família e fazer com que a criança se sinta querida e amada por seus familiares e amigos.

Ao saber que seu mundo é importante para sua família e para seus amigos, a criança se sente acolhida no mundo. A festa de aniversário é uma boa oportunidade para isso – afinal, muitas vezes é preciso uma “data” para conseguir reunir todos os entes queridos.

Importância do aniversário com os amigos

O círculo social da criança não é feito apenas dos familiares. Por isso, comemorar a data de nascimento e chamar os amiguinhos para brincar com seu filho é uma interessante oportunidade de socializar e entrosar o grupo. Esse momento é uma possibilidade de compartilhar experiências comuns fora da escolinha.

Por isso, não se trata apenas de planejar festas impressionantes – afinal, nem sempre cabe no bolso. O cerne da questão é que a criança deva se sentir querida e amada. Portanto, desde uma reunião familiar com alguns amiguinhos mais próximos a até festas em buffets infantis, o importante é manter a conexão entre a criança e seus entes.

Além disso, a comemoração em si é um momento aonde o pequeno estará “mais solto” – brincando com os amiguinhos e muitas vezes sendo o que ele é na escola. Assim, essa hora é propícia para ele colocar em prática os valores aprendidos (tanto em casa, quanto na escola).

Qual é o valor social de um aniversário?

Em grande parte dos casos, a festa de aniversário é comemorada de acordo com as tradições religiosas de cada família. Dessa forma, os principais valores são relacionados à forma pela qual as crianças aprendem a se sentir parte de um grupo social.

E como ela pode revelar os valores aprendidos?

  • Ao conservar as tradições e transmiti-las a outras gerações como aprendizados inestimáveis;
  • Ao aprender a dividir – afinal, o bolo e os docinhos não serão só para o aniversariante;
  • Ao ter mais confiança em si mesmo – ter a liberdade de brincar com os familiares e os amigos;
  • Ao ver o valor da amizade – seus amiguinhos próximos estarão lá e cantarão os parabéns junto com todo mundo;
  • Ao ser mais simples e espontâneo;
  • Ao observar que se sentir querido e amado vai além de ganhar presentes ou outros bens materiais.

Hora de ensinar a agradecer

O agradecimento é um valor importante que pode ser amplamente desenvolvido nessa data tão especial. Com a festa de aniversário, será colocada à prova a sensibilidade do seu filho por apreciar toda a atenção depositada a ela.

Por exemplo: foram meses de planejamento de uma festa, ou você comprou o bolo que ela mais gosta, ou levou ela para um parque de diversões… Enfim, fez tudo para demonstrar que sabe fazê-la feliz – além do investimento de dinheiro e esforço na comemoração. A criança deve saber reconhecer isso e não pensar que essa é a obrigação dos pais.

Por isso, o ideal antes de pensar em qualquer tema de festa ou sabor do bolo, é pensar como fazer com que o seu filho reconheça que você está expressando todo o amor que sente por ele. Dessa maneira, podemos dizer que o amor e a gratidão são os valores que se destacam nesse tipo de comemoração.

Mêsversário: a nova moda

Quem teve filho nos últimos 5 anos percebeu que uma das pressões que recai sobre os pais é a comemoração do primeiro aninho de vida. Afinal, teoricamente a festa deve estar à altura da odisseia que são os primeiros dias da vida de um bebê. Entretanto, hoje em dia as famílias querem comemorar cada mês como se fosse um ano.

As famílias têm se empenhado cada vez mais em celebrar cada mês de vida dos bebês: os mêsversários. Isso começou a virar uma febre principalmente por causa das celebridades. A atriz Deborah Secco, por exemplo, comemorava e mostrava nas redes sociais a festança com decoração temática e lembrancinhas especiais do mêsversário da sua filha Maria Flor.

Com as famílias anônimas isso também pegou, mas com investimentos mais modestos. O usual é comprar um bolinho e chamar os familiares mais próximos. Assim, pode-se observar que a festança é muito mais para a família do que para o bebê – é uma forma de documentar, respirar e comemorar o novo membro da família.

Agora, seja o mêsversário ou um aniversário comum, o importante é criar uma festa memorável. Mas como? Separamos aqui algumas dicas rápidas que vão mostrar também o quão importante é comemorar essa data.

Dicas para montar uma festa de aniversário memorável

Dica 1 – Escolha o que combina com a sua família

Seja um buffet infantil, ou um piquenique no parque com direito a brincadeiras. Faça uma festa que combine com o seu filho e com a sua família. Por exemplo: se seu filho gosta de jogar bola, que tal alugar uma quadra de futebol com uma festinha ao lado? O ideal é você procurar por profissionais qualificados para te ajudar na escolha e na organização.

Dica 2 – Não faça a festa para os outros

Muitas vezes, inconscientemente, as famílias querem montar uma festa glamurosa para surpreender os familiares e amigos e acabam esquecendo do que a criança realmente gosta. Por isso, antes de planejar qualquer coisa, converse com seu filho e veja o que ele realmente quer.

Dica 3 – Escolha um tema para a festa

Com o objetivo de minimizar as compras para a decoração e fazer tudo ficar mais com a cara do seu filho, pergunte a ele o que ele gostaria de tema. Uma outra opção é escolher duas cores para serem foco na decoração – isso facilita, e muito, na hora da organização para você comemorar aniversário da melhor forma.

A importância do aniversário é você quem dá

Lembre-se que se sua família é mais recatada, não fique pensando que seria de alguma forma ruim fazer algo mais simples. Como dito aqui, a importância do aniversário é muito mais pelos valores aprendidos durante a preparação e a comemoração do que a magnitude da festa.

Por isso, nada adianta deixar seu filho distante de toda a organização e não demonstrar todo o amor depositado na comemoração. Crie esse momento como algo familiar repleto de amor, carinho e dedicação.

Comemorar aniversário é muito mais que uma ocasião para receber presentes. A importância do aniversário vem como uma chance de lembrar o dia em que ocorreu um grande evento na vida de várias pessoas (o nascimento de um ente querido), de celebrar, de agradecer.

As celebrações de aniversário são ótimas maneiras de sua família e amigos se relacionarem. Normalmente, as pessoas fazem um esforço especial para ser gentil com o aniversariante. Os presentes de aniversário são bons recados de carinho, mas um “parabéns” que venha do coração daqueles que seu filho ama vale mais do que todos os bens materiais.

E você, o que faz para não deixar essa data passar em branco?

Festa dos super-heróis: para você se inspirar

Hoje a Casa do Sol vai trazer para você mais detalhes de como foi a festa de aniversário dos gêmeos Eduardo e Rafael. Os pais contaram para a gente que os meninos amam tudo relacionado ao mundo do Batman, Hulk, Homem-aranha. Ora, então por que não fazer uma festa dos super-heróis ? Vamos mostrar um pouco como ficou! Quem sabe, você não se inspira para a festa do seu filho?

Festa dos super-heróis: uma infinita variedade

Qual era o seu herói favorito na infância? Esses super humanos sempre fizeram parte da imaginação das crianças de todo o planeta. Seja os da Marvel, ou os da DC Comics, eles sempre nos trazem alguns ensinamentos e valores – além de muita diversão. Muitos meninos e meninas se espelham neles como forma de buscar força e ser sempre melhor na vida – com os outros e consigo mesmo. Afinal, esses super-heróis encaram as mais diversas lutas em prol de algo muito maior: a segurança de todos!

Como fizemos a super-festa do Eduardo e Rafael?

O aniversário de 3 anos anos dos gêmeos Eduardo e Rafael foi incrível. Foi muita diversão, tanto para a criançada, quanto para os adultos. Isso porque montamos uma estrutura única, que oferecemos aqui na Casa do Sol. Essa estrutura tinha:

  • Buffet variado;
  • Presença dos super-heróis preferidos dos gêmeos – Hulk, Batman, Superman e Capitão América;
  • Brincadeiras que tinham a ver com o tema;
  • Projeção mapeada com filmes escolhidos pelas crianças

A‍ decoração

A Colorê Festas Criativas garantiu essa parte tão especial. Foram utilizadas as cores de cada um dos super-heróis para deixar o ambiente com um colorido incrível e ímpar.

Além disso, em cada mesa foi colocado um personagem em miniatura, conjuntos de sousplats temáticos e taças decoradas com cores e emblemas dos super-heróis.

Já a mesa de doces contou com vários níveis diferentes. Assim, foi possível adicionar miniaturas dos mais diversos tamanhos. Isso fez com que os gêmeos se sentissem dentro do mundo incrível dos seus personagens favoritos.

O buffet ficou a cargo da nossa equipe da Casa do Sol, com uma grande variedade de bebidas como espumantes e wisky, e um cardápio de dar água na boca.

Mesa do bolo e doces

O registro das fotos ficou por conta de Léo Benfica, enquanto Felipe Said realizou a produção de vídeo.

Festa dos super-heróis para super-gêmeos

A festa uma celebração à vida. Afinal, os super-heróis sempre estão aí nos protegendo! Por isso, ao realizar uma festa dos super-heróis, invista em cores, emblemas e personagens. Faça com que seu filho “entre” no mundo que ele tanto adora. A Casa do Sol faz esse dia ficar marcado na memória de todos ao cuidar dos mínimos detalhes para você.

Quer planejar uma festa para seu/sua filho(a)? Entre em contato com a gente e vamos te ajudar a realizar uma comemoração incrível! Clique aqui e fale com a gente agora mesmo.

Mesa de Festa Infantil: como fazer?

É “batata”. A primeira coisa que o aniversariante, os pais e os convidados lançam seus olhares é para a mesa. Isso é porque a mesa de festa infantil é sempre cheia de decorações, criatividade e exala a paixão do aniversariante. Não por acaso, grande parte das fotos é feita por lá. Por isso, separamos algumas dicas de como arrasar na decoração desse lugar tão especial.

O primeiro passo é escolher o tema festa, que, consequentemente será o tema predominante da mesa.

Escolhendo o tema‍ e para montar a mesa de festa infantil

Normalmente, na infância temos gostos bem aguçados – sabemos exatamente o que gostamos ou não. Isso torna mais fácil a escolha do tema da festa e a decoração da mesa de festa infantil. Contudo, se a criança for ainda muito nova, ou está indecisa, uma dica é pesquisar na internet, em sites especializados, quais as tendências e buscar em inspirações. Temos até algumas dicas aqui no nosso blog.

Ano passado, por exemplo, o rústico chique, o vintage e as cores intensas marcaram presença nas festas infantis. Sim! Algo além dos super-heróis.

Geralmente as crianças escolhem algum personagem de desenhos ou filmes infantis. Mas o tema pode ser inspirado também em alguma outra coisa que a criança goste, como uma cor, uma comida, uma brincadeira, um time de futebol, praia, montanha…. O importante é definir um tema claro e que agrade o aniversariante.

Ao organizar a mesa‍

Escolhido o tema é hora de pensar em todos os itens que serão necessários para compor a mesa. Toda mesa de festa infantil deve ter bolo, docinhos, objetos relacionados ao tema, um fundo que complemente a mesa, lembrancinhas, e de preferência alguns personalizados ou doces modelados. Por isso, é preciso pensar como integrar de maneira harmoniosa cada um desses elementos.

Para montar a mesa de festa infantil, um dos primeiro passos é escolher o tipo dela. Isso porque as mesas podem ser de diversos tamanhos, estilos e materiais. Elas podem ser grande e simples, como mais antigas de madeira, por exemplo. Ou ainda pode ser uma média e em composição com outras mesas menores ou pequenas. A escolha vai depender da quantidade de itens que irão compor a mesa, do tema da decoração, e, claro, dos gosto dos pais.

Dica de ouro: Não se utiliza mais toalha na mesa do bolo.

#dica 1 : Use os elementos da mesa mais altos atrás e os menores na frente. Como se fosse uma cascata.

#dica 2: Siga a palheta de cores até no bolo, nos doces e na decoração.

3 dicas de temas incríveis para a mesa de festa infantil

Nada melhor do que aprender com exemplos lindos.

Tropical

Inspirado nos dias quentes de verão esse tema é um verdadeiro festival de cores e alegria. Para essa temática, invista em tons fortes, muitas frutas e folhas.

Sorvete

Quem não gosta de sorvete, não é mesmo? Esse tema proporciona uma festa com uma decoração super criativa e divertida.‍

Personagens

Nem todas as festas infantis precisam ter como tema algum personagem, mas se for da vontade da criança aqui vão algumas dicas: Frozen, Homem Aranha, Peppa Pig, Minnie e Mickey, Galinha Pintadinha, Minions, Vingadores e mais uma lista gigante de opções.

Agora que você já sabe como arrasar na decoração de mesa de festa infantil é só partir pra ação e organizar um dia inesquecível.

6 inspirações para temas de festa infantil

Ficar na dúvida na hora de escolher o tema para a festa do seu filho é normal. Afinal, estamos todos os dias diante de diversas figuras que nossos filhos parecem amar: desde galinha pintadinha, passando por Batman e Bela Adormecida. Com um cardápio tão extenso é preciso de uma ajuda. Por isso a Casa do Sol separou 6 inspirações para temas de festa infantil.

Temas de festa infantil: o coração do grande dia

Cá entre nós, festa temática é muito mais divertida, né? Isso porque a gente entra em um universo especial. Agora imagina para seu filho? Com todos os enfeites, brindes pratinhos e doces personalizados com seu personagem/tema preferido. Se bem feito, é a garantia de alegria da criançada.

Por isso, quando falamos de temas de festa infantil precisamos pensar com muito cuidado e carinho. E, claro, ter tudo a ver com o gosto do pequeno ou da pequena que vai soprar as velinhas. Dessa forma, antes de partir para as inspirações, lembre-se que:

  • A festa é do seu filho(a). Por isso, dê a ele a oportunidade de escolher;
  • Não tem importância repetir temas de festinhas anteriores. Entretanto, os filhos crescem e seus gostos mudam.
  • Não poupe a imaginação: deixe ela voar longe para alcançar resultados surpreendentes!

Agora vamos lá para a nossa lista que irá te inspirar para sua próxima festa.

6 inspirações de temas de festa infantil

Miraculous

miraculous ladybug gif | Tumblr
Reprodução

Verdadeira febre entre as crianças, a série Miraculous sempre é um tema de sucesso! Seus personagens Ladybug e Cat Noir vivem na França e são verdadeiras super-heroínas. Elas partem em altas aventuras para salvar Paris dos supervilões a cada novo episódio. Com certeza é uma escolha que sai do convencional!

Veja alguns exemplos de mesas decoradas com o tema!

A Galinha Pintadinha

Galinha Pintadinha Cartoon GIF - GalinhaPintadinha Cartoon Kids ...
Reprodução

Um excelente tema de festa infantil para crianças de 1 até 5 anos. A Galinha Pintadinha é a maior “estrela” nacional entre as crianças, e isso é fato: ela tem mais de 21 milhões de inscritos no YouTube. Além da graciosa ave protagonista, há todo um universo que pode ser explorado na decoração, como o famoso cenário rural dos clipes e outras figuras superfofas, como a Mariana que conta até dez, o galo, a Dona Baratinha e toda a turma!

Veja alguns exemplos de mesas decoradas com a Galinha Pintadinha, sensação entre os temas de festa infantil.

Aladin

Aladdin GIF - Find & Share on GIPHY
Reprodução

Quem nunca sonhou em voar no tapete mágico do Aladin? A famosa história, eternizada pela Disney, até hoje faz adultos e crianças viajarem pelo mundo da fantasia! E nada melhor do que trazer para sua festa de aniversário personagens célebres como o Gênio da Lâmpada, a Princesa Jasmine e, claro que não poderia faltar, o próprio Aladin. Além disso, o último filme dessa história é super recente: de 2019!

Olha que lindo que ficou !

Alice no País das Maravilhas

Top 30 Alice No País Das Maravilhas GIFs | Find the best GIF on Gfycat
Reprodução

Esse tema de festa infantil, além de atual, é um grande acerto tanto para meninos quanto para meninas! O mundo mágico de Alice, especialmente na última versão live action da Disney, leva os convidados à presença de personagens conhecidos como o Chapeleiro Maluco, o Coelho e a temida Rainha de Copas. Pode abusar do xadrez e do lúdico, além da possibilidade de animadores caracterizados. Ninguém vai querer acordar deste sonho encantado!

Jardim

Um tema que não é baseado em um filme ou um personagem, mas que pode funcionar muito bem para crianças menores. Que tal criar um jardim encantado à sua maneira? Jardim é clássico e favorece a utilização de tons como lilás, rosa e verde, assim como arranjos e folhagem natural, o que acentua o charme da decoração. É uma explosão de fofura que vai bem tanto de dia quanto à noite. Por causa de sua paleta de cores, a festa entra em um mundo encantado!

Olha como fica lindo:

Harry Potter

Harry Potter GIF - Find & Share on GIPHY
Reprodução

O bruxinho mais famoso e amado do mundo é dono de um universo que fascina qualquer um! Quem é que nunca desejou estudar em Hogwarts, não é verdade? Esse tema de festa infantil abre possibilidades para brincar bastante com o cenário, utilizando elementos que evoquem à escola da Magia – lugar onde se passam boa parte das aventuras dos personagens. Um belo tema para proporcionar uma experiência imersiva aos convidados, principalmente se usar as projeções mapeadas (veja mais aqui sobre elas!)

Temas de festa infantil: a imaginação corre solta

Deu para ver o quanto de ideia boa temos para escolher entre os temas de festa infantil. Agora a gente quer saber: gostou das nossas sugestões de tema de festa infantil? Caso queira mais inspirações, dê uma olhadinha em todos os temas que temos disponíveis. Se ainda não achou o seu, fale com a gente! É só clicar aqui.

Ver temas: Galeria Casa do Sol Buritis

Ver temas: Galeria Casa do Sol Cidade Nova

Cobrança dos convidados excedentes?

É comum contarmos os convidados da festa como X e acaba aparecendo 2X no grande dia. O tio que leva a namorada nova, o primo que leva dois amiguinhos e por aí vai. Quando isso acontece, vem a tal da cobrança dos convidados excedentes. Como fazer isso não acontecer?

Cobrança dos convidados excedentes: por que?

Ao se planejar uma festa infantil, é importante ter em mente os seguintes pontos:

  • Qual será o tema da festa?
  • Quais serão as brincadeiras que meu filho mais vai gostar?
  • Quais serão os pratos do buffet?
  • Os docinhos e os bolos, quais serão?
  • Quem será convidado?

Cada item desse envolve tanto os pais, quanto o buffet infantil. Digamos que você espera que 50 pessoas apareçam na festa. Portanto, o buffet irá separar 200 coxinhas, por exemplo. Assim, teria 4 coxinhas para cada convidado. (Cálculo hipotético.)

Dessa forma, o buffet faz a cobrança por convidado. Afinal, cada pessoa irá comer e utilizar o espaço. Quanto mais pessoas, maior deve ser a equipe para limpar, servir, cozinhar e animar a festa.

Porém, pode ser que aquela nova namorada do tio acaba aparecendo. E o primo leva também os dois amiguinhos. Com 3 pessoas a mais, a conta da coxinha não vai fechar – alguém ficará sem comer. Mas o buffet nunca irá deixar isso acontecer. Por isso que, ao observar que houve convidado excedente, a organização da festa começa a preparar mais coxinhas e a redimencionar todo o esquema de distribuição de comida, cadeiras e brincadeiras.

Como evitar a cobrança dos convidados excedentes

Os buffets infantis geralmente têm pacotes de festas que variam de acordo com o número de convidados. Está aí o segredo para evitar a cobrança dos convidados excedentes.

Caso você convide 50 pessoas, há sempre a possibilidade de uma ou outra não aparecerem. Mas e se aparecerem todas? E mais agregados? Por isso, a dica é:

Adicione, pelo menos, 10 pessoas a mais na lista do que o número “oficial” de convidados.

O valor a mais será irrisório, pois o buffet irá se preparar para receber essas 10 pessoas a mais. Se elas não aparecerem, a festa não estará comprometida de nenhuma maneira.

Porém, caso apareçam 10 pessoas a mais, o trabalho rápido e de urgência que deve ser realizado pela organização é grande – o que acarreta em altos custos.

Por isso, para a conta fechar exatamente como você estava esperando, o ideal é planejar bem a lista de convidados. O seu filho e você próprio(a) vão agradecer e curtir uma festa inesquecível!

Aliás, não deixe essa data passar batido – você sabia que a comemoração do aniversário tem um objetivo pedagógico também?

Cardápio saudável em festa infantil… Será?

Uma alimentação saudável e equilibrada é crucial para manter a boa saúde, imunidade alta e até mesmo a concentração nos estudos. Mas será que devemos escolher um cardápio saudável em festa infantil? Afinal, será que tudo bem seu filho comer batata frita e coxinha na sua festa ou é melhor optar por opções mais saudáveis?

Cardápio saudável em festa infantil: Comece em casa

Manter uma boa alimentação, tanto para você quanto para o seu filho, o ajudará a continuar bons hábitos alimentares também na vida adulta. Isso porque, se ele crescer cercado apenas de batata frita e refrigerante, será que quando mais velho ele vai optar por uma salada para não desenvolver diabetes?

Os hábitos alimentares são tão importantes para a saúde quanto para os outros aspectos da nossa vida. A decisão de trocar aquele sorvetinho de sobremesa por uma fruta envolve o autocontrole de toda a família: o exemplo é a melhor lição. Além disso, seu filho vai aprender que tudo tem sua hora. Tem a hora de estudar, a hora de brincar, a hora de comer uma besteirinha e assistir tv.

Como Leonard Mlodinow explica em seu livro “Subliminar”, o autocontrole é como se fosse um músculo. Ele se desenvolve assim como o seu bíceps após os treinos de academia. E os pais são os primeiros treinadores.

Subliminar Como o inconsciente - Leonard Mlodinow - Baixar pdf de ...
Inclusive está disponível de graça uma pequena versão digital do livro! É só clicar na imagem.

Ok, mas e o cardápio saudável em festa infantil?

Vamos à analogia do músculo novamente. Esforçar o seu corpo além do limite pode gerar contusões. As crianças precisam de descanso, físico e mental. Até mesmo para saber diferenciar quando que algo é dever e quando algo é diversão.

É importante que o seu filho saiba se dedicar para alcançar seus objetivos. Faça uma alimentação saudável durante a semana para comer coisa gostosa na festa, por exemplo. Esse sentimento serve como motivação para que ele se esforce cada vez mais. Afinal, é muito bom comer uma coxinha, uma bolinha de queijo de vez em quando, mas só em momentos especiais. Ele dará muito mais valor para esses momentos.

Se o dever de casa estiver feito…

Então quando o meu filho fizer a pergunta do título a minha resposta vocês já sabem…Pode comer sem culpa! Entretanto, não se esqueça que isso só é possível se a alimentação do dia-a-dia já for saudável: rica em frutas e verduras. Faça pratos super coloridos e evite industrializados: refrigerantes, salgadinhos e outros snacks devem estar fora da lista de compras!

E vocês o que pensam disso?

Briquedos de Buffet e Segurança: como verificar?

O dia do aniversário do nosso filho é especial. Sem contar a festança que rola nessa data, vira e mexe gostamos de fazê-lo se divertir ao máximo nesse dia. Não por acaso, os Buffets infantis os queridinhos. Neles, como na Casa do Sol, a família toda se diverte e a criançada pode brincar à vontade. Mas como verificar que essas brincadeiras são seguras o suficiente? Os brinquedos de buffet são seguros o suficiente?

A Casa do Sol preparou algumas dicas para você verificar a segurança dos brinquedos de buffet para se livrar de qualquer imprevisto.

Brinquedos de buffet: pergunta-chave

Ao visitar um buffet, sempre ficamos atentos aos detalhes “macros”: decoração, brinquedos, iluminação e etc. Entretanto, é preciso saber um pouco mais sobre.

A primeira questão que é preciso colocar é: vocês possuem laudo de vistoria técnica dos brinquedos?

Esse “detalhe” um detalhe imprescindível antes de se começar qualquer negociação. Mesmo sendo exigido pelos órgãos de fiscalização, não são todos os salões que tem essa preocupação.

O resultado de você não verificar é que você pode estar colocando a sua família e amigos em risco e nem estar sabendo.

Brinquedos de buffet: quanto maiores, maior a precaução

Os brinquedos de um salão infantil são cada vez maiores e podem machucar seriamente uma criança! Em julho de 2011 uma mulher morreu durante uma festa em São Paulo e o ministério publicou apontou como causa do acidente a negligencia e a falta de manutenção adequada do brinquedo “Mini montanha russa”.

Os monitores

Além do aspecto mecânico outro fator crucial para a segurança de todos é o treinamento dos monitores para que eles estejam habilitados a operação.

Será que no buffet infantil que você escolheu eles desenvolvem esse treinamento para todos os funcionários e monitores – que, afinal, tomam conta de todas as crianças?

Não se baseie em preço

Lembre-se que existem diversos fatores que compõem o preço de uma festa e que a segurança de todos deve ser colocada em primeiro lugar. Por isso antes de definir se é aquilo mesmo que você quer, não custa nada verificar esses detalhes cruciais.

Melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?